Assistente de Voz

O que é um assistente de voz?

O que é um assistente de voz? Confira o que é e como funciona essa tecnologia, quais os melhores assistentes de voz indicados do mercado, entre outras informações especiais aqui neste post!

Um assistente de voz é um tipo de tecnologia que permite aos usuários falar naturalmente com dispositivos como smartphones, tablets, computadores e alto-falantes inteligentes para a realização de tarefas ou obter informações. É projetado para interpretar a linguagem humana natural e responder com dados relevantes sobre a intenção de busca do usuário.

Quais são os assistentes de voz?

A primeira aparição de um assistente de voz veio com a apple com a criação do siri em 2011, siri foi o nome dado para a assistente que em sua primeira versão estava em um Iphone 4.

Em um primeiro momento parecia uma função divertida que permitia uma nova maneira de interagir com o celular, porem na época ainda relativamente limitada.

Na primeira versão lançada as funções eram bem limitadas e a assistente conseguia entender contextos até certo ponto executar algumas tarefas simples como configurar alarmes, informar a situação do trânsito, a previsão do tempo e reproduzir uma lista de músicas.

Com o passar dos anos e com o aumento do uso já se via um futuro promissor para os assistentes de voz e não demorou muito para outras fabricantes lançarem suas próprias assistentes.

Em 2014 a Amazon lança sua assistente Alexa que hoje é uma das mais utilizadas, porem só teve sua primeira versão no Brasil em 2019. Um pouco depois a Google lança seu assistente virtual em 2016.

Então vamos destacar os principais assistentes de voz considerando os mais utilizados no memento que são:

  • Alexa da Amazon.
  • Google Assistente.
  • Siri da Apple.
  • Cortana do Windows.
  • Bixby da Samsung.

O que o assistente de voz pode fazer?

Hoje os assistentes de voz oferecem aos usuários uma variedade de serviços, como a capacidade de definir lembretes e alarmes, enviar e-mails, fazer ligações, navegar na web, acessar informações sobre o tempo ou o tráfego, reproduzir músicas, definir listas de compras e a cada dia podem fazer mais coisas.

As capacidades de cada assistente são de certa forma parecidas quanto as informações que cada uma fornece depende muito do banco de dados referência de cada uma das fabricantes, porem são muito parecidas.

A capacidade de executar algumas tarefas como criação de alarme, lembretes, reprodução de playlists e abertura de alguns aplicativos também são muito parecidas com mais facilidade para operação de alguns aplicativos nativos da própria fabricante.

Os assistentes de voz também podem ser integrados a dispositivos de terceiros para enviar comandos a esses dispositivos, é aí que os assistentes começam a se diferenciar em questões de capacidades de operação e compatibilidade.

Outra grande diferença entre os assistentes de voz são onde podem ser utilizados.

A Alexa da Amazon possui um Smart Speaker com a assistente integrada na própria caixa de som assim como o Google que foram os primeiros e até hoje são os mais conhecidos.

Assistente de voz e Automação Residencial

Um dos maiores motivos para os usuários usarem assistentes virtuais é a praticidade e a possibilidade de efetuar tarefas simultaneamente as suas solicitações. Pesquisas indicam que facilitar o dia a dia doméstico é o maior objeto de desejo dentre os usuários de assistentes virtuais por voz.

A mesma pesquisa sugere que mais de 80% das pessoas gostariam e almejam ter a possibilidade de controlar TVs, iluminação, aparelhos de ar condicionado, cortinas e persianas por meio de comando de voz com seus assistentes.

Uma das funcionalidades mais populares dos assistentes de voz é justamente a possibilidade de integração com os sistemas da casa, permitindo que os usuários controlem todos os sistemas e equipamentos dentro de casa.

Essa é uma função específica do sistema de Automação Residencial, porem alguns dos assistentes de voz já possuem integração com os sistemas como a Alexa, o Google Assistente e a siri.

Com a combinação do assistente com a central de automação é possível controlar quaisquer sistemas que esteja na automação residencial, os mais comuns são:

  • Controle da Iluminação.
  • Controle de Ar-condicionado.
  • Cortinas e Persianas.
  • Pisos aquecidos.
  • Portas e portões.
  • Sistemas de Alarme.
  • Som ambiente.
  • Equipamentos de Áudio e vídeo.

Os assistentes de voz também podem ser integrados a outros dispositivos IoT como aspiradores de pó, cafeteiras, máquinas de lavar e muito mais, permitindo que os usuários controlem seus dispositivos domésticos com apenas a sua voz.

Com essa integração é possível aproveitar todas as comodidades e soluções que a automação residencial oferece e permitir que o assistente execute as funções a partir de comandos de voz.

A criação de cenas específicas para cada momento e ambiente é uma função muito utilizada onde é possível especificar quais lâmpadas e com qual intensidade iram funcionar, programar uma playlist, ligar ou desligar qualquer equipamento, movimentar as persianas e escolher a temperatura do ar ideal solicitando ao assistente de voz o nome da cena específica. Por exemplo “Assistente acionar cena Jantar“.

Desde que o processo de automação esteja configurado de forma adequada, o assistente de voz poderá executar qualquer comando solicitado pelo usuário.

Qual é o melhor assistente de voz?

O melhor assistente de voz depende das preferências individuais de cada usuário. Alguns dos principais assistentes de voz no mercado atualmente são o Google Assistant, o Amazon Alexa, o Apple Siri, o Microsoft Cortana e o Samsung Bixby.

O melhor assistente é o que realmente você se identifica, pois, as suas funções são bem parecidas, porem dependendo de quais produtos de quais fabricantes você mais utilize, alguns assistentes vão apresentar o melhor desempenho.

Os assistentes possuem, sim, suas diferenças e se você está pensando em escolher um que melhor te atenda no seu uso, iremos resumir aqui algumas coisas sobre cada um.

Vamos considerar a Alexa, Google e Siri, pois são os mais utilizados e presentes no mercado.

Google Assistant.

O Google Assistente é o assistente de voz com uma melhor compreensão e entendimento dos contextos e muito mais completo ao retornar alguns tipos de informações, especialmente quando os dados forem associados a hábitos do usuário vinculado a outros serviços da própria Google.

O assistente também pode responder uma pesquisa secundaria a parti de uma pergunta principal feita anteriormente.

Também é possível utilizar o assistente com uma central de automação residencial para controlar os sistemas. Em um sistema de automação profissional é possível utilizar de uma forma melhor, embora ele não tenha tanta compatibilidade quanto a Alexa.

Amazon Alexa

O Amazon Alexa é a mais popular dos assistentes, atualmente ela possui uma interação superior com os usuários em comparação ao concorrente Google, ela também possui uma voz mais natural e pode responder ao usuário com uma voz engraçada e inusitada.

Se você perguntar para a Alexa sussurrando, ela respondera sussurrando também.

A compatibilidade com dispositivos inteligentes para automação residencial é muito maior em relação ao Google. Principalmente com dispositivos IoT disponíveis no mercado.

Apple Siri

O Apple Siri é o assistente de voz nativo para os dispositivos da Apple. É mais utilizado em outros países onde o suporte a linguagem inglês nativa no aplicativo é prioritária. No Brasil seu uso não é muito comum, pois está disponível somente em dispositivos da Apple e está em inglês.

Sua utilização e compatibilidade com sistemas de automação residencial é compatível com as fabricantes internacionais como a crestron que é referência mundial em automação residencial.

Possui integração nativa com a fabricante, porem só está disponível em idioma inglês.

Samsung Bixby

O Samsung Bixby é o assistente de voz nativo da Samsung, que oferece suporte para os dispositivos mais recentes da empresa.

Ele tem recursos básicos, como controlar dispositivos domésticos inteligentes, acessar conteúdo de streaming, acessar informações sobre o clima e responder às perguntas.

Em suma, o melhor assistente de voz para cada usuário depende de suas preferências. Cada assistente de voz tem seus próprios recursos e integrações, então é importante considerar todas as opções e ver qual se adapta melhor às suas necessidades.

O que é melhor: Alexa ou Google Home?

A resposta a esta pergunta depende de quais são as preferências e necessidades do usuário.

O Google Home tem a vantagem de conseguir processar comandos de voz de forma mais precisa e ágil, graças ao seu sistema de inteligência artificial, o Google Assistant. Sua capacidade de controle de dispositivos da casa não é tão bom, porem é contornado caso seja utilizado em um sistema de automação profissional.

Por outro lado, o Alexa da Amazon tem a vantagem de poder se conectar a uma variedade de dispositivos de assistência de voz, como o Echo, Echo Dot e Echo Show. Além disso, ele também tem um extenso acervo de habilidades, o que significa que você pode usar a Alexa para controlar outros dispositivos inteligentes, como luzes, controles remotos e muito mais.

Vamos considerar que o maior desejo e necessidade dos usuários além de efetuarem suas pesquisas é a capacidade de poder controlar dispositivos de terceiros e sistemas de automação residencial.

Pensando nisso a Alexa vem se destacando e está a frente da Google, a Alexa possui hoje maior integração com serviços, aplicativos e dispositivos inteligentes facilitando o controle dos dispositivos.

Se você está buscando um assistente capaz de controlar todos os sistemas da residencial com uma central de automação a acatar automação é especialista em desenvolver projetos específicos para a integração de todos os sistemas da casa. Entre em contato com nossa equipe.

Veja as diferentes temperaturas de cor para iluminação e seus efeitos.

Quer controlar sua casa com o Assistente de Voz?

Entre e contato como nosso especialista e consulte

Leia Também