RadioRA Lutron

Automação Residencial na Segurança Eletrônica

Nos últimos anos, a automação residencial vem ganhando popularidade e está cada vez mais presente nos projetos de arquitetura. Com a tecnologia avançando rapidamente, as pessoas agora têm a capacidade de controlar remotamente seus sistemas domésticos, como iluminação, temperatura e equipamentos de áudio e vídeo, através de seus smartphones, assistentes de voz ou interruptores inteligentes.

Um dos principais motivos para a crescente popularidade da automação residencial é a busca por autonomia e controle sobre os aspectos da vida cotidiana. As pessoas querem ter a capacidade de gerenciar suas casas a partir de seus dispositivos móveis, o que lhes dá uma sensação de independência e segurança.

Os sistemas de segurança eletrônica, como câmeras, portões automáticos e alarmes de presença, são soluções amplamente conhecidas e difundidas no mercado para proteger as casas.

Neste artigo, veremos como a automação residencial pode contribuir para a segurança eletrônica, oferecendo uma maior proteção e tranquilidade aos proprietários de casas.

Utilização da Automação Residencial para a Segurança eletrônica.

A automação residencial se tornou conhecida por trazer mais praticidade e luxo para as residências, mas suas vantagens vão, além disso. Com a automação, é possível gerenciar e controlar praticamente todos os sistemas da casa, isso significa que de alguma forma esses sistemas podem ficar acessíveis remotamente.

A automação residencial torna esses sistemas disponíveis para trabalhar em conjunto com outros sistemas como os de segurança eletrônica. Os sistemas como câmeras, portões, sensores de alarme, cerca elétrica e fechaduras inteligentes podem ser integrados na automação residencial.

Mas qual a vantagem desta integração? Com essa integração da Automação residencial na segurança eletrônica a segurança da residência passa a ser muito mais elevada. As possibilidades de reações caso ocorra alguma ocorrência na residência são quase infinitas.

Acionamentos inteligentes

A possibilidade de controle e gerenciamento através de um único aplicativo e remotamente é uma das possibilidades que aumentam a percepção de segurança.

Mas além disso a possibilidade de integração dos sistemas da casa abre mais possibilidades para as possíveis configurações de reação dos sistemas de segurança.

Por exemplo é possível programar a iluminação externa da casa para que ela se comporte de uma forma especifica caso tenha algum sinal de alarme de intrusão, ou caso as câmeras detectem algum movimento em um horário especifico.

É possível também acionar qualquer sistema na residência como ligar sistemas de alarme, trancar portas, fechar persianas, ligar sistemas de som, caso ocorra algum evento programado como um acesso não autorizado, rompimento da certa ou detecção de movimento.

Existem câmeras de segurança com inteligência de vídeo “deep learning” com reconhecimento de placa veicular, reconhecimento facial e identificação de perambulação que podem acionar os sistemas da residência caso identifiquem algumas dessas ocorrências.

Também é possível utilizar os sistemas de segurança para criar mais praticidade nas atividades do dia a dia. Por exemplo ao identificar a placa do veiculo do proprietário a residência aciona os sistemas de ar-condicionado, liga a iluminação e o som ambiente.

Sensores de Segurança e Automação

Os sensores de segurança e de automação podem ser combinados para tornar a casa mais autônoma. Na automação os sensores de temperatura, umidade e luminosidade podem contribuir para um gerenciamento maior da residência.

É possível programar a casa para que ela tome algumas ações caso alguns desses sensores ou uma combinação dele seja acionada. E assim também pode ser feito com os sensores de presença, alagamento e de gás.

A integração da Automação com os sistemas de segurança eletrônica trás uma serie de complementos para a residência. Além de proporcionar um nível elevado de gerenciamento da residência com alertas de quais sistemas estão sendo utilizado e em quais horários ela pode melhorar a experiencia de usabilidade dos moradores.

A tendencia é que cada vez mais os sistemas tenham a possibilidade de integração e os dispositivos possam conversar entre si para proporcionar aos tornar as residências mais gerenciáveis e seguras.

Como integras os sistemas?

Apesar de existirem inúmeras marcas e dispositivos inteligentes para se instalar na residencial é importante lembras que as funcionalidades citadas a cima só são possíveis em sistemas de automação profissional.

Hoje é possível encontrar dispositivos IoT com alguma integração com câmeras e sensores de alarme para aplicações menores que podem atender bem em alguns casos. Para aplicações maiores com um maior numero de dispositivos e sistemas envolvidos é indispensável a participação de uma empresa de automação residencial.

Gostou de alguma destas soluções de Casas Inteligentes?

Entre e contato como nosso especialista e consulte

Leia Também