RadioRA Lutron

O que é impedância de caixa de som?

A impedância de caixa de som é uma medida da resistência elétrica do alto-falante. Ela é medida em ohms e usa o símbolo Omega (Ω) tipicamente expressa como "ohms de impedância". Desse modo, a impedância de uma caixa de som determina de que forma ela deve ser ligada em conjunto com outras caixas e em quais amplificadores poderá ser ligada.

A impedância do alto-falante é a medida da resistência que ele oferece ao fluxo de eletricidade que passa por ele. Isso afeta o quanto de energia o amplificador precisa fornecer para o alto-falante produzir som. Quanto maior a impedância, mais difícil é para o amplificador fornecer energia suficiente para o alto-falante, e vice-versa.

Como a corrente que sai de um amplificador é AC (Corrente Alternada) a resistência é chamada de impedância. Usando termos mais técnicos, a impedância é a combinação da resistência DC, mais qualquer reatância em um circuito AC.

Agora, sem ser muito técnico, é importante dizer que a impedância do alto-falante afeta a quantidade de corrente que é extraída do amplificador e aplicada nas caixas de som.

A maioria dos alto-falantes é classificada pelo fabricante como nominalmente 4Ω, 6Ω, 8Ω ou 16Ω.

Por que a impedância do alto-falante é importante?

Conforme mencionado anteriormente, a impedância do alto-falante afeta a quantidade de corrente elétrica que flui do amplificador para o alto-falante. Isso ocorre porque a impedância é uma espécie de barreira que limita o fluxo de corrente elétrica.

Se a impedância for menor, o fluxo de corrente será maior. E quanto maior a corrente elétrica, maior será a potência que o amplificador precisará fornecer para o alto-falante.

É importante saber a impedância do alto-falante justamente para dimensionar corretamente o amplificador exato necessário para tocar os alto-falantes ou caixas de som escolhidas.

E também caso se vá utilizar mais de duas caixas ligadas neste amplificador, o que é muito comum, é importante saber a impedâncias destes alto-falantes para efetuar a ligação correta dos fios executando o casamento da impedância corretamente.

Sendo assim, pode-se pensar que um amplificador fornece mais potência a um alto-falante quando a impedância desse alto-falante é menor. Isso é verdade até certo limite. Quando a impedância é muito baixa, o amplificador pode não ser capaz de fornecer mais corrente e potência.

Nesse ponto, o fusível do amplificador pode queimar, o amplificador pode parar de funcionar ou o circuito de proteção do amplificador pode ser ativado, desligando o amplificador.

Como via de regra Nunca utilizar alto-falantes e caixas com impedância menor do que a impedância mínima do amplificador!

Por que casar a impedância de caixa de som?

É importante garantir que a impedância do alto-falante (ou dos alto-falantes) conectado(s) a um amplificador esteja dentro dos limites de tolerância do amplificador.

A maioria dos amplificadores é projetado para suportar uma impedância de carga de alto-falante entre 4 e 16 ohms. Dessa forma, a impedância mínima do alto-falante deve ser de 4Ω.

Caso possua um alto-falante com impedância nominal de 4Ω, 6Ω, 8Ω ou 16Ω, o amplificador será capaz de operar adequadamente. É importante ressaltar que, quanto menor a impedância, maior será a corrente que fluirá pelo alto-falante e maior será a potência disponível.

No entanto, é fundamental não utilizar alto-falantes com impedância inferior a 4 ohms.

Quando se conecta dois ou mais alto-falantes a um amplificador, é preciso levar em consideração o impacto na impedância total da carga. Por exemplo, se quatro alto-falantes de 4Ω forem conectados a um amplificador, depende de como forem ligados resultara em uma impedância prejudicial ao amplificador.

Nessa situação, é essencial utilizar um casamento de impedância adequado para garantir a integridade do amplificador e a qualidade do som.

Esse serviço é importante para garantir que o sistema de áudio funcione corretamente e produza áudio de qualidade.

Como fazer o casamento de impedância nos sistemas de som?

Primeiro verifique a impedância de saída do amplificador que irá utilizar para amplificar o som dos alto-falantes e caixas de som.

Ao usar mais de um alto-falante com seu amplificador, a impedância geral equivalente muda dependendo de como os alto-falantes estão conectados. Você pode conectar vários alto-falantes "em série", "em paralelo" ou em uma combinação das duas configurações de fiação ("série/paralelo").

As principais instruções de como fazer o casamento de impedância nos sistemas de som são:

Ligação direta:

Neste exemplo temos um amplificar de 50W com saída em 8 ohms. O alto-falante utilizado é de 50W 8 ohms.

Como há apenas um alto-falante, ele pode experimentar todos os 50 W do amplificador.

Ligação em série:

Se você conectar vários alto-falantes em série, a impedância total dos alto-falantes deve ser igual à impedância de saída do amplificador. Para obter a impedância total, você precisa somar as classificações de impedância individuais de cada alto-falante.

Para ligar em série um alto-falante é necessário ligar o negativo de um alto-falante com o positivo do outro e então ligar no amplificador o positivo de um alto-falante e o negativo do outro como na imagem abaixo.

Ligação em Paralela:

Quando você conecta vários alto-falantes em paralelo, a situação se torna mais complexa porque a impedância total do circuito paralelo será menor do que a classificação de impedância individual de cada alto-falante.

Para ligar em paralelo um alto-falante é necessário ligar os negativos de ambos os alto-falantes e os positivos de ambos na saída do amplificador como na imagem abaixo.

Gostou de alguma destas soluções de Casas Inteligentes?

Entre e contato como nosso especialista e consulte

Leia Também